Sobre o Autor

Minha foto
Apaixonado pela área contábil! - Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade de Passo Fundo - RS - Especialista em Engenharia de Produção Universidade de Passo Fundo -RS - Mestre em Ciências Contábeis pela Unisinos - RS - Professor de Contabilidade da Universidade de Passo Fundo - Coordenador do Curso de Gestão Comercial da Universidade de Passo Fundo - Autor de inúmeros Artigos em revistas nacionais - Autor de livros de Contabilidade para EAD

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Resolução questão inédita CFC - 17/02/17

          Vamos analisando as alternativas em separado, mas antes vou estipular uns valores para que possamos responder com mais clareza as questões. Perceba que nesta configuração o PEC em R$ está em 800.000,00.


               Agora vamos analisar as questões tendo por base a estimativa realizada:

        a)     O aumento no custo fixo impacta na redução do PEC em faturamento.
Vamos supor que o CF passe de 120.000,00 para 200.000,00, o que irá ocorrer com o PEC...


NÃO..... AUMENTA O PEC em FATURAMENTO


    b)   a redução no custo variável unitário acarreta uma redução no PEC em faturamento.

Vamos supor que o CV unitário passara de 70,00 para 65,00... 


ISTO MESMO... REDUÇÃO NO CUSTO ACARRETA DIMINUIÇÃO NA PE



             c)     o PEF sempre será menor ao PEC.

Se soubermos a fórmula do PEF conseguimos resolver a questão, veja que basta adicionar ao numerador da fórmula do PEC os gastos não desembolsáveis para encontrarmos a fórmula do PEF.
A empresa pode ter gastos não desembolsáveis (depreciação, amortização ou exaustão... ou não...) 
    A palavra SEMPRE tornou a questão errada.


             d) quando a empresa deseja encontrar o PEE e possui o lucro desejado em % a fórmula aplicada é a mesma do lucro desejado em R$.   



                     Perceba que não, para encontrar o PEE em porcentagem é diferente de encontrar o PEE em $


                           LETRA B







Nenhum comentário:

Postar um comentário