Sobre o Autor

Minha foto
Apaixonado pela área contábil! - Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade de Passo Fundo - RS - Especialista em Engenharia de Produção Universidade de Passo Fundo -RS - Mestre em Ciências Contábeis pela Unisinos - RS - Professor de Contabilidade da Universidade de Passo Fundo - Coordenador do Curso de Gestão Comercial da Universidade de Passo Fundo - Autor de inúmeros Artigos em revistas nacionais - Autor de livros de Contabilidade para EAD

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Balanço Patrimonial

Olá!
Hoje vou comentar um pouco sobre o Balanço Patrimonial. O Balanço tem este nome devido ao fato de que o lado direito e o esquerdo possuem rigorosamente o mesmo valor. Para melhor exemplificar apresento a vocês um modelo bem básico:



No modelo apresentado percebe-se que há uma divisão entre ATIVO (lado esquerdo) e PASSIVO (lado direito). O lado esquerdo (ATIVO) é composto dos bens + direitos da empresa. Bens é o que a empresa possui, por exemplo dinheiro (caixa), estoque, veículos, máquinas, móveis, terrenos, marcas... enfim, tudo que a empresa possui e que pode ser mensurado. Direitos representam o que a empresa tem a receber, por isto o nome, a empresa tem o direito de receber de alguém que lhe deve.
No lado direito (PASSIVO) estão presentes as obrigações e a sobra (PATRIMÔNIO LÍQUIDO).
Portanto se pegarmos o total dos BENS + DIREITOS - OBRIGAÇÕES = PATRIMÔNIO LÍQUIDO.

O Patrimônio Líquido (PL) é o valor que efetivamente pertence aos sócios da empresa, o restante pertence a terceiros.

Neste exemplo, qual o PATRIMÔNIO DA EMPRESA?
Acertou quem respondeu 200.000,00, pois este é o patrimônio da empresa, mas não o PATRIMÔNIO LÍQUIDO, que é 150.000,00.
Do total do patrimônio da empresa, apenas 150.000,00 pertencem aos sócios o restante, 50.000,00 pertencem a terceiros.

Espero ter ajudado

Abraço

Professor João Rafael

Nenhum comentário:

Postar um comentário