Sobre o Autor

Apaixonado pela área contábil! - Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade de Passo Fundo - RS - Especialista em Engenharia de Produção Universidade de Passo Fundo -RS - Mestre em Ciências Contábeis pela Unisinos - RS - Professor de Contabilidade da Universidade de Passo Fundo - Instrutor de cursos da LEFISC - Autor de livros de Contabilidade para EAD. Dúvidas, me enviem um e-mail: rafael@egmconsultoriacontabil.com.br

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

CFC 2015 2.6



PROVA DE SUFICIÊNCIA CIÊNCIAS CONTÁBEIS – 2ª EDIÇÃO 2015 – Questão 14,15,16 e 17.

QUESTÃO 14

Uma Sociedade Empresária importou mercadoria por um valor equivalente a R$21.400,00. Foram gastos mais R$2.421,00 com seguro e tarifas aduaneiras. Além dos valores citados, a Sociedade Empresária incorreu nos seguintes tributos, dos quais apenas o Imposto de Importação não é recuperável:
TRIBUTO
VALOR
I.I.
 R$     8.337,35
ICMS
 R$     7.595,12
PIS
 R$        393,05
COFINS
 R$     2.048,61
TOTAL
 R$  18.374,13


Considerando-se os dados informados, o custo de aquisição das mercadorias é igual a:
a) R$29.737,35.
b) R$31.416,12.
c) R$32.158,35.
d) R$42.195,13.


         Questão bem tranquila, onde temos o custo total de aquisição composto pelo custo de aquisição + seguros e tarifas aduaneiras + Imposto de Importação (único não recuperável).
         Com isto temos um custo de aquisição no valor de R$ 32.158,35. LETRA C.


QUESTÃO 15

Em 30.11.2014, a Sociedade Empresária 1 vendeu, por R$100.000,00, mercadorias para sua controlada, a Sociedade Empresária 2.
O custo das mercadorias vendidas nessa transação foi de R$60.000,00.
Em 31.12.2014, a Sociedade Empresária 2 mantinha 100% das mercadorias adquiridas em Estoque de Mercadorias.
A Sociedade Empresária 1 detém 75% do Capital da Sociedade Empresária 2.
Nos balanços individuais, as empresas apresentaram, em 31.12.2014, os seguintes saldos de Estoque de Mercadorias:

SOCIEDADE EMPRESÁRIA 1                      270.000,00
SOCIEDADE EMPRESÁRIA 2                      100.000,00


Considerando-se os dados informados e desconsiderando-se a incidência de tributos, no Balanço Patrimonial Consolidado, o saldo da conta de Estoque de Mercadorias será de:
a) R$310.000,00.
b) R$330.000,00.
c) R$340.000,00.
d) R$370.000,00.

Neste caso, como a Sociedade Empresária 2 ainda mantém o estoque comprado da Sociedade Empresária 1, então o estoque consolidado será de R$ 270.000 + 60.000 = 330.000,00

QUESTÃO 16

Uma Sociedade Empresária realizou gastos para tentar a descoberta da cura de determinada doença.

 Os relatórios da tesouraria indicam que os gastos foram pagos à vista e podem ser mensurados com confiabilidade.
 Os relatórios da controladoria registram que os gastos foram devidamente aprovados pela direção.
 Os relatórios da equipe técnica apontam que foram realizados grandes avanços na direção desejada e que é possível que os primeiros sinais de viabilidade técnica venham a ser coletados entre dois e cinco anos.
Diante da situação exposta e considerando-se apenas esse fato, é CORRETO afirmar que, no encerramento do exercício, ocorreram os seguintes efeitos sobre os respectivos registros contábeis da entidade que realizou os gastos:
a) Aumento e redução no Ativo.
b) Aumento no Ativo e no Patrimônio Líquido.
c) Redução no Ativo e no Passivo Exigível.
d) Redução no Ativo e no Patrimônio Líquido.


Questão tranquila, percebam que a situação exposta teve uma REDUÇÃO DO ATIVO (conta caixa) e um aumento nas despesas, que levam a uma redução no lucro que leva a uma REDUÇÃO NO PL.

Portanto LETRA D




QUESTÃO 17

Uma Indústria apresenta os seguintes custos de produção referentes ao mês de janeiro de 2015:

PRODUTOS
MATÉRIA PRIMA
MÃO DE OBRA
A
 R$           9.100,00
 R$     12.000,00
B
 R$           2.600,00
 R$       3.000,00
C
 R$           1.300,00
 R$       2.000,00




Os Custos Fixos do mês totalizaram R$6.500,00. Esses custos fixos são indiretos e distribuídos entre os produtos na proporção da matéria-prima consumida, nos casos em que o critério exige alocação de tais custos.
Com base nos dados acima, é CORRETO afirmar que:

a) o custo do produto A, calculado com base no Custeio Variável, é de R$21.100,00.
b) o custo do produto A, calculado com base no Custeio Variável, é de R$25.650,00.
c) o custo do produto B, calculado com base no Custeio por Absorção, é de R$5.600,00.
d) o custo do produto C, calculado com base no Custeio por Absorção, é de R$3.300,00.

Galera, esta questão é dada... rsrsrs vamos montar uma tabelinha para nos auxiliar:

PRODUTOS
MATÉRIA PRIMA
MÃO DE OBRA
VARIÁVEL
RATEIO
ABSORÇÃO
A
9100,00
12000,00
21100,00
4550,00
25650,00
B
2600,00
3000,00
5600,00
1300,00
6900,00
C
1300,00
2000,00
3300,00
650,00
3950,00






CF
6500,00





Lembrando vocês que matéria prima e mão de obra são gastos variáveis e o custo fixo é rateado entre os três produtos com base na matéria prima consumida, formando o custo por absorção.

Agora vamos analisar as afirmativas.
a) o custo do produto A, calculado com base no Custeio Variável, é de R$21.100,00.
SIM, certíssimo... veja que este é o custo do PRODUTO A com base no Método Variável.

b) o custo do produto A, calculado com base no Custeio Variável, é de R$25.650,00.
Este é o custo do PRODUTO A com base no Método por Absorção.


c) o custo do produto B, calculado com base no Custeio por Absorção, é de R$5.600,00.
Este é o custo do PRODUTO B com base no Método Variável.

d) o custo do produto C, calculado com base no Custeio por Absorção, é de R$3.300,00.
Este é o custo do PRODUTO C com base no Método Variável.




Visitem meu site, tem material gratuito e curso preparatório para EXAME DE SUFICIÊNCIA EM CONTABILIDADE.



Abraço



2 comentários: