Sobre o Autor

Minha foto
Apaixonado pela área contábil! - Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade de Passo Fundo - RS - Especialista em Engenharia de Produção Universidade de Passo Fundo -RS - Mestre em Ciências Contábeis pela Unisinos - RS - Professor de Contabilidade da Universidade de Passo Fundo - Coordenador do Curso de Gestão Comercial da Universidade de Passo Fundo - Autor de inúmeros Artigos em revistas nacionais - Autor de livros de Contabilidade para EAD

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

CFC 2015 2.12

PROVA DE SUFICIÊNCIA CIÊNCIAS CONTÁBEIS – 2ª EDIÇÃO 2015 – Questão 40 em diante.


QUESTÃO 41
41. Em relação ao Código de Ética Profissional do Contador, assinale a opção CORRETA. 

a) A transgressão aos preceitos do Código de Ética Profissional do Contador será julgada, originariamente, e em única instância, pelo Conselho Federal de Contabilidade, na condição de Tribunal Superior de Ética.
b) Na aplicação dos diversos tipos de sanções éticas, a ação desenvolvida em defesa de prerrogativa profissional poderá ser considerada como agravante, o que implicará o aumento da pena a ser aplicada ao profissional.
c) O Código de Ética Profissional do Contador é a norma de conduta que dá suporte ao exercício dos profissionais da contabilidade no exercício de sua função.
d) O recebimento de denúncia de infração ao Código de Ética Profissional do Contador, pelo Conselho Federal de Contabilidade, suceder-se-á de comunicação ao denunciante, no prazo de 90 dias.

Questão bem tranquila, vamos analisar as questões:
a) A transgressão aos preceitos do Código de Ética Profissional do Contador será julgada, originariamente, e em única instância, pelo Conselho Federal de Contabilidade, na condição de Tribunal Superior de Ética.
Art. 13 do Código de Ética do Contador:
Art. 13 O julgamento das questões relacionadas à transgressão de preceitos do Código de Ética incumbe, originariamente, aos Conselhos Regionais de Contabilidade, que funcionarão como Tribunais Regionais de Ética e Disciplina, facultado recurso dotado de efeito suspensivo, interposto no prazo de quinze dias para o Conselho Federal de Contabilidade em sua condição de Tribunal Superior de Ética e Disciplina.
(Redação alterada pela Resolução CFC nº 950, de 29 de novembro de 2002)
Perceba que há uma primeira instância que são os CRCs. Questão ERRADA.


b) Na aplicação dos diversos tipos de sanções éticas, a ação desenvolvida em defesa de prerrogativa profissional poderá ser considerada como agravante, o que implicará o aumento da pena a ser aplicada ao profissional.
Nada a ver. Uma ação desenvolvida em defesa de prerrogativa profissional não pode ser considerado agravante.
Os agravantes são:
§ 2º Na aplicação das sanções éticas, podem ser consideradas como agravantes:
(Criado pelo Art. 25, da Resolução CFC nº 1.307/10, de 09/12/2010)

I – Ação cometida que resulte em ato que denigra publicamente a imagem do Profissional da Contabilidade;
(Criado pelo Art. 25, da Resolução CFC nº 1.307/10, de 09/12/2010)

II – punição ética anterior transitada em julgado.
(Criado pelo Art. 25, da Resolução CFC nº 1.307/10, de 09/12/2010)

Questão ERRADA.


c) O Código de Ética Profissional do Contador é a norma de conduta que dá suporte ao exercício dos profissionais da contabilidade no exercício de sua função.
Exatamente isto a função do CÓDIGO DE ÉTICA DO CONTADOR. Questão CORRETA.

d) O recebimento de denúncia de infração ao Código de Ética Profissional do Contador, pelo Conselho Federal de Contabilidade, suceder-se-á de comunicação ao denunciante, no prazo de 90 dias.
Veja o que fala o Art. 13º:
§ 3º Quando se tratar de denúncia, o Conselho Regional de Contabilidade comunicará ao denunciante a instauração do processo até trinta dias após esgotado o prazo de defesa. (Renumerado pela Resolução CFC nº 819, de 20 de novembro de 1997)
Questão ERRADA.


LETRA C.

42. Na busca da expansão de seu escritório contábil, um contador divulgou, em jornal especializado, que possui qualificação técnica para avaliação de empresas e de haveres, bem como apresentou, com a devida autorização, a lista de seus principais clientes. 
Considerando-se o que está estabelecido no Código de Ética Profissional do Contador, é CORRETO afirmar que a atitude do contador: 

a) está em conformidade com o Código de Ética Profissional do Contador, pois é permitido divulgar lista que contenha o nome de seus clientes, se por estes autorizado, e fazer referências à qualificação técnica e conhecimentos específicos.
b) está, parcialmente, em conformidade com o Código de Ética Profissional do Contador, pois, em nenhuma hipótese, é permitido divulgar a lista com o nome de seus clientes.
c) está, parcialmente, em conformidade com o Código de Ética Profissional do Contador, pois, em nenhuma hipótese, é permitido fazer referências à qualificação técnica e conhecimentos específicos.
d) não está em conformidade com o Código de Ética Profissional do Contador, pois não é permitido divulgar a lista com o nome de seus clientes nem fazer referências à qualificação técnica e conhecimentos específicos. 

Questão em que a LETRA A está CORRETA. Embasada no Art. 3º. I.

QUESTÃO 43


43. De acordo com a NBC TA 200 – Objetivos Gerais do Auditor Independente e a Condução da Auditoria em Conformidade com Normas de Auditoria, Risco de Detecção é: 
a) o risco de que o auditor expresse uma opinião de auditoria inadequada quando as demonstrações contábeis contiverem distorção relevante.
b) o risco de que os procedimentos executados pelo auditor, para reduzir o risco de auditoria a um nível aceitavelmente baixo, não detectem uma distorção existente que possa ser relevante, individualmente ou em conjunto com outras distorções.
c) o risco inerente à suscetibilidade de uma afirmação a respeito de uma transação, saldo contábil ou divulgação, a uma distorção que possa ser relevante, individualmente ou em conjunto com outras distorções, antes da consideração de quaisquer controles relacionados.
d) o risco que uma distorção pode causar em uma afirmação sobre uma classe de transação, saldo contábil ou divulgação, e que possa ser relevante, individualmente ou em conjunto com outras distorções.

Conforme a Norma, RISCO DE DETECÇÃO é:
Risco de detecção é o risco de que os procedimentos executados pelo auditor para reduzir o risco de auditoria a um nível aceitavelmente baixo não detectem uma distorção existente que possa ser relevante, individualmente ou em conjunto com outras distorções.

Portanto LETRA B.


QUESTÃO 44

Os Sócios "A", "C" e "D" de uma Sociedade Empresária decidiram excluir o Sócio "B" da sociedade.  
Para esse fim, solicitaram que o contador da empresa apresentasse o Balanço Patrimonial Especial em 31 de agosto de 2015, visando demonstrar ao Sócio "B" a sua parte nos haveres.  
O quadro de participação societária era assim constituído: 
Sócio “A” 23,00%
Sócio “B” 12,00%
Sócio “C” 25,00%
Sócio “D” 40,00% 
Após os ajustes, foi apresentado o Balanço Patrimonial Especial. O Patrimônio Líquido ficou assim representado: 
 Capital Subscrito R$220.000,00
 Reservas de Lucro R$50.000,00
 Prejuízos Acumulados (R$40.000,00)
 Lucro apurado até 31.8.2015 R$80.500,00

Com base nos dados acima, em uma Perícia Contábil de Apuração de Haveres, o valor apurado para ser pago ao Sócio "B" é de: 
a) R$9.660,00.
b) R$31.260,00.
 c) R$37.260,00.
d) R$42.060,00. 

Com um PL de R$ 310.000,00 o Sócio B tem direito a 12%,  portanto R$ 37.260,00. LETRA C.


QUESTÃO 45

45. Uma Sociedade Empresária foi citada para apresentar os cálculos periciais referentes a um processo trabalhista.  
A sentença proferida em 1º grau, às folhas 59 a 67 dos autos, condenou a reclamada a pagar ao reclamante: 

 Horas extras diurnas, com 50% de acréscimo, 35 horas em outubro/2013, com integração no Repouso Semanal Remunerado – RSR.
 Atualização monetária pelo índice fixo de 27%, abrangendo todo o período da verba reclamada até a data do laudo. 
 Juros de mora a contar da propositura da ação, que ocorreu em 1º de abril de 2015. 

Informações Adicionais: 

 A jornada de trabalho do reclamante era de 220 horas mensais.
 A propositura da ação ocorreu em 1º de abril de 2015.
 O laudo foi finalizado em 31 de julho de 2015.
 Os Juros de Mora sobre o valor atualizado serão de 1% ao mês, regime de capitalização simples. 
 O salário, a quantidade de dias úteis e os domingos e feriados estão apresentados no quadro abaixo: 

Mês/Ano:     Out/2013
Salário Base: R$1.250,00
Dias Úteis/ Domingos e Feriados: 25 dias úteis e 6 domingos/feriados. 

De acordo com os dados apresentados, o valor total devido ao reclamante é de: 
a) R$369,89.
b) R$393,99.
c) R$469,76.
d) R$488,55.


         Questão bem simples, envolvendo folha de pagamento, veja:
Salário
 R$  1.250,00






H.E. 50%
 R$        8,52
salário hora com acréscimo de 50%

35 HORAS
 R$    298,30
quantidade de horas reclamadas


DSR.
 R$      71,59
Descanso Semanal remunerado


Atualização monetária
 R$      99,87
Acréscimo de 27%



Juros de mora
 R$      18,79
Juros de 4%, ref. a 4 meses


TOTAL
 R$   488,55
TOTAL





LETRA D

QUESTÃO 46
46. De acordo com a NBC TA 210 – Concordância com os Termos do Trabalho de Auditoria, analise os requisitos apresentados nos itens abaixo, quanto à obrigatoriedade de sua inclusão na carta de contratação de auditoria, e, em seguida, assinale a opção CORRETA. 
I. Objetivo e alcance da auditoria das demonstrações contábeis.
II. Identificação da estrutura de relatório financeiro aplicável para a elaboração das demonstrações contábeis.
III. Referência à forma e ao conteúdo esperados de quaisquer relatórios a serem emitidos pelo auditor, e uma declaração de que existem circunstâncias em que um relatório pode ter forma e conteúdo diferentes do esperado.
IV. As responsabilidades do auditor e as responsabilidades da administração, quanto ao trabalho de auditoria. 
Devem ser incluídos na carta de contratação de auditoria os requisitos apresentados nos itens: 
a) I e II, apenas.
b) I, II, III e IV.
c) II e III, apenas.
d) III e IV, apenas.


De acordo com a NBC TA 210, Item 10:
10.     Observado o item 11, os termos do trabalho de auditoria estabelecidos devem ser formalizados na carta de contratação de auditoria ou outra forma adequada de acordo por escrito que devem incluir (ver itens A22 a A25):
(a)   o objetivo e o alcance da auditoria das demonstrações contábeis;
(b)   as responsabilidades do auditor;
(c)   as responsabilidades da administração;
(d)   a identificação da estrutura de relatório financeiro aplicável para a elaboração das demonstrações contábeis; e
(e)   referência à forma e ao conteúdo esperados de quaisquer relatórios a serem emitidos pelo auditor e uma declaração de que existem circunstâncias em que um relatório pode ter forma e conteúdo diferente do esperado.

Portanto TODAS as colocações estão CORRETAS.
LETRA B.

QUESTÃO 47
47. De acordo com a NBC TA 240 – Responsabilidade do Auditor em Relação a Fraude no Contexto da Auditoria de Demonstrações Contábeis, NÃO constitui aspecto do qual decorre informação contábil fraudulenta: 
a) a aplicação incorreta intencional dos princípios contábeis relativos a valores, classificação, forma de apresentação ou divulgação.
b) a manipulação, falsificação ou alteração de registros contábeis que serviram de base à elaboração de demonstrações contábeis.
c) a mentira ou omissão intencional nas demonstrações contábeis de eventos, operações ou outras informações significativas.
d) a utilização não intencional de processos matemáticos imprecisos para a realização de estimativas relacionadas a ajustes contábeis.


Questão bem simples, somente lendo as questões dá para ver que a LETRA D é a CORRETA.
Mas o restante está na NBC TA 240 A3:
A3.    Informações contábeis fraudulentas podem decorrer do seguinte:

·      Manipulação, falsificação (inclusive de assinatura) ou alteração de registros contábeis ou documentos comprobatórios que serviram de base à elaboração de demonstrações contábeis.
·      Mentira ou omissão intencional nas demonstrações contábeis de eventos, operações ou outras informações significativas.
·      Aplicação incorreta intencional dos princípios contábeis relativos a valores, classificação, forma de apresentação ou divulgação.

LETRA D
  

Visitem meu site, tem material gratuito e curso preparatório para EXAME DE SUFICIÊNCIA EM CONTABILIDADE.



Abraço





Nenhum comentário:

Postar um comentário