Sobre o Autor

Apaixonado pela área contábil! - Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade de Passo Fundo - RS - Especialista em Engenharia de Produção Universidade de Passo Fundo -RS - Mestre em Ciências Contábeis pela Unisinos - RS - Professor de Contabilidade da Universidade de Passo Fundo - Instrutor de cursos da LEFISC - Autor de livros de Contabilidade para EAD. Dúvidas, me enviem um e-mail: rafael@egmconsultoriacontabil.com.br

quinta-feira, 20 de junho de 2013

O que esta ocorrendo no Brasil?


Com a história sendo escrita nos nossos quintais, deixo um pouco a Contabilidade de lado e me atrevo a escrever sobre o  Momento Brasil”...que pegou todos de surpresa, quer dizer todos não... porque no Rio Grande do Sul, forjados pela lembrança dos guerreiros farrapos... pode ter havido vários sentimentos, mas não surpresa...

O que começou com uma causa incomum... desacreditada, virou esta estupenda onda de indignação nacional...  Passou rapidamente de apenas um alvo, para uma infinidade... que só faz aumentar a cada dia...

Mas você, que tem mais de 30 anos e já viveu um pouco de tudo, deve estar se perguntando: - Se a massa está revoltada com a atual situação econômica, como se portaria nos longínquos tempos da inflação nas alturas? Na verdade a massa quer muito mais do que lhes é oferecido... e isto senhoras e senhores irá ser um divisor de águas...

Os políticos deste nosso Brasil testaram até onde iria a tolerância de nosso povo quando praticaram atos de desagrado nacional... e não vou citá-los porque são tantos... apenas vou citar a gota d’agua... que passa longe de ser o preço das passagens, mas os bilhões gastos em estádios principalmente em lugares onde somos sabedores que não terão utilidade, ou melhor dizendo, não serão viáveis economicamente... e não venham me falar que  estas “arenas” serão viabilizadas com shows, cinema.... conversa que como estamos vendo, não convencem mais ninguém...

Vou continuar falando dos maus tratos do dinheiro público na construção destas majestosas arenas.... que além dos gastos serem exorbitantes, fora do comum, há mais... muito mais erros monumentais.... digamos que num mundo de fantasia, onde toda a verba pública fosse corretamente destinada para os estádios... pois bem, ainda assim teríamos um tremendo descaso... analisem comigo... o Rio Grande do Sul tem dois estádios de primeiro mundo, ambos foram (ou estão sendo) construídos sem verba pública... porque não utilizar os dois... tanto o estádio do Internacional quanto o do Grêmio? O gasto público na construção de estádios deveria ser ZERO...

Que bom que o mundo está sabendo de tudo isto agora, levado pelas vozes lucidas das ruas... só um faço um porém em relação as manifestações, os baderneiros, que encontraram terreno fértil para seus desmandos deveriam ser repreendidos pela massa... corre-se o risco de perder a legitimidade!

Encerro com uma parte da imortal música de Geraldo Vandré, Para não dizer que não falei das flores...

Vem, vamos embora

Que esperar não é saber

Quem sabe faz a hora

Não espera acontecer

Uma constatação já é certa... estamos nos sentindo mais vivos... mais confiantes num futuro que esta sendo escrito por cada um de nós...

 

Abraço a todos

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário