Sobre o Autor

Minha foto
Apaixonado pela área contábil! - Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade de Passo Fundo - RS - Especialista em Engenharia de Produção Universidade de Passo Fundo -RS - Mestre em Ciências Contábeis pela Unisinos - RS - Professor de Contabilidade da Universidade de Passo Fundo - Coordenador do Curso de Gestão Comercial da Universidade de Passo Fundo - Autor de inúmeros Artigos em revistas nacionais - Autor de livros de Contabilidade para EAD

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Impostos a recuperar

A pedidos de alunos, vou escrever agora sobre o funcionamento dos impostos a recuperar. Imaginamos que uma empresa tributada pelo Lucro Real compre um determinado produto por R$ 100,00 e neste valor esta incluso 17% de ICMS, 1,65% de PIS e 7,6% de COFINS. Pois bem, o que isto significa? Que a empresa irá efetuar o  seguinte lançamento:

D: ESTOQUE                                                       100,00
C: FORNECEDOR ou CAIXA ou BANCO        100,00 

Imediatamente:
D: ICMS A RECUPERAR                                    17,00
D: PIS A RECUPERAR                                          1,65
D: COFINS A RECUPERAR                                 7,6
C: ESTOQUE                                                        26,25

Com este lançamento tiramos R$ 26,25 do ESTOQUE e colocamos em uma conta com a extenção de A RECUPERAR, isto significa que a empresa dispõe deste valor como se fosse dinheiro, porque na verdade é isto que ocorre. Este valor a empresa irá abater de uma possível venda, portanto é semelhante a um "cheque" que a empresa tem de posse, mas poderá trocar somente com o governo.

Seguindo o nosso exemplo, digamos que todo este estoque foi vendido por R$ 150,00 a vista, o lançamento a ser efetuado é o seguinte:

D: CAIXA ou BANCO                                      150,00
C: VENDA DE MERCADORIAS                     150,00

D: ICMS                                                              25,50
C: ICMS A RECOLHER                                     25,50

D: PIS                                                                   2,47
C: PIS A RECOLHER                                          2,47

D: COFINS                                                        11,40
C: COFINS A RECOLHER                               11,40

Notem que de ICMS temos a pagar R$ 25,50, certo?   ERRADO, este valor não esta sendo considerado o A RECUPERAR no valor de R$ 17,00 que estava embutido na compra, portanto o A PAGAR neste caso é de R$ 8,50... e isto serve para todos os impostos a recuperar, neste exemplo se estende para o PIS e o CONFINS...

Visitem meu site, tem material gratuito e curso preparatório para EXAME DE SUFICIÊNCIA EM CONTABILIDADE.



Abraço



6 comentários:

  1. Ola Professor. Boa Noite, sou estudante de técnico em Contabilidade há 6 meses, e estou com dúvidas sobre impostos a recuperar e a recolher e alguns lançamentos, pode me ajudar me indicado um site e também um livro didático para eu estudar?

    Obrigado

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito desse exemplo, mas quero me aprofundar para ficar totalmente interagido no assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anderson!
      Me envie um e-mail que eu lhe passo um material bem didático.

      joaorafael@upf.br

      Abraço

      Excluir
    2. Olá Anderson!
      Me envie um e-mail que eu lhe passo um material bem didático.

      joaorafael@upf.br

      Abraço

      Excluir
  3. É preciso lancar esse impostos no razonete? Como ficaria? No caso do icms de 25,50 eu vou lancar o valor de 8,50?

    ResponderExcluir
  4. oi Rebeca... os razonetes nada mais são do que a tradução do livro diário... neste caso teríamos um razonete ICMS A RECOLHER DE 25,50 outro razonete de ICMS A RECUPERAR de 17,00

    Fazendo a compensação, que é o cruzamento do A RECOLHER com o A RECUPERAR o lançamento ficaria assim:

    D: ICMS A RECOLHER
    C: ICMS A RECUPERAR

    De qual valor professor? Sempre do menor valor, neste caso o menor valor é 17,00.
    Veja que após este lançamento Rebeca, o razonete do ICMS A RECUPERAR ficará zerado e o razonete do ICMS A RECOLHER ficará com saldo de 8,50. Este valor ficará com saldo até sua quitação (pagamento) pela empresa.

    Espero ter ajudado Rebeca.

    Abraço

    ResponderExcluir