Sobre o Autor

Minha foto
Apaixonado pela área contábil! - Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade de Passo Fundo - RS - Especialista em Engenharia de Produção Universidade de Passo Fundo -RS - Mestre em Ciências Contábeis pela Unisinos - RS - Professor de Contabilidade da Universidade de Passo Fundo - Coordenador do Curso de Gestão Comercial da Universidade de Passo Fundo - Autor de inúmeros Artigos em revistas nacionais - Autor de livros de Contabilidade para EAD

domingo, 10 de fevereiro de 2013

DÉBITO e CRÉDITO

     Já perdi as contas de quantos questionamentos recebi sobre o porquê uma determinada conta é DEVEDORA e outra CREDORA.
     Para ajudá-los vou utilizar a seguinte regra:
     Contas do ATIVO são contas de natureza DEVEDORA
     Contas do PASSIVO são contas de natureza CREDORA
     Contas de Receita são contas de natureza CREDORA
     Contas de Despesas e Custo são contas de natureza DEVEDORA
     Ora, o que significa natureza devedora? Utilizamos como exemplo a conta Bancos, por pertencer ao Ativo é uma conta de natureza DEVEDORA, isto significa que nunca irá para o passivo, a não ser se houver alterações na legislação. Pois bem, esta conta de natureza DEVEDORA em determinado momento poderá ter ser saldo credor, isto irá ocorrer quando a conta bancos estiver negativa. Este é um exemplo de uma conta de NATUREZA DEVEDORA mas com saldo CREDOR, o que não pode ocorrer com a conta Caixa. Não tem possibilidade alguma da conta Caixa estar com saldo CREDOR... Ou a empresa tem dinheiro (saldo devedor) ou não tem nada... Vocês já ouviram alguém dizer que tem MENOS dois reais no bolso? Com certeza não... ou esta pessoa tem ou não tem... portanto a conta Caixa é um exemplo de conta de natureza e saldo DEVEDOR, o que significa que há saldo na conta.
     Toda vez que quisermos aumentar uma conta de natureza DEVEDORA efetuamos um DÉBITO e toda vez que quisermos diminuir o saldo de uma conta de natureza DEVEDORA, efetuamos um CRÉDITO.
     Exemplificando, efetuamos uma venda de mercadorias a vista, lançamento:
     D: CAIXA
     C: VENDA DE MERCADORIAS
     Por estamos aumentando o saldo de uma conta de NATUREZA devedora (Caixa), efetuamos um DÉBITO.
     Se em determinado momento a empresa comprar por exemplo material de expediente a vista, o lançamento ficaria assim:
     D: DESPESA COM MATERIAL DE EXPEDIENTE
     C: CAIXA
     Novamente a regra é posta em prática, como ocorre uma diminuição do saldo de uma conta de natureza DEVEDORA, efetuamos um CRÉDITO...

  

      Visitem meu site, tem material gratuito e curso preparatório para EXAME DE SUFICIÊNCIA EM CONTABILIDADE.



Abraço




36 comentários:

  1. Nunca entendi porque chamar de natureza devedora.Olha a contradição "toda vez que quisermos aumentar uma conta de natureza DEVEDORA efetuamos um DÉBITO.Na vida cotidiana se quisermos aumentar algo logo pensamos em credito e não em debito.
    Na contabilidade o Debito tem outro significado???.Nunca achei uma explicação para dizer porque o lado esquerdo e debito (ativo) e direito é credito (passivo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Santos!
      Na verdade esta não é uma dúvida exclusiva sua, veja que quando entra um valor qualquer na empresa, fará com que o Ativo seja aumentado, isto gera um débito devido ao fato desta conta estar aumentando os seus bens ou seus direitos. No nosso cotidiano isto não ocorre não é mesmo, mas isto tem uma explicação, a sua visão não é de dentro da empresa, mas de fora da empresa, veja que se você possui dinheiro no banco, para o banco o seu dinheiro esta no lado credor devido ao fato de que o banco possui um obrigação (PASSIVO) com você. Qual obrigação? De te entregar o dinheiro quando você quiser. Mas e a história do direito? Você possui um direito de retirar o dinheiro na hora que quiser. E quando a conta está negativa? Significa que estamos devendo para o banco, temos uma OBRIGAÇÃO (PASSIVO = CRÉDITO) de pagar.
      Sugiro dar uma olhada no livro Contabilidade Introdutória, da equipe de professores da FEA/USP.

      Abraço e espero ter ajudado

      Excluir
  2. Professor adorei a explicação. Mas gostaria de saber por que receitas são saldos credores e C.M.V por exemplo é devedor?

    ResponderExcluir
  3. Professor adorei a explicação. Mas gostaria de saber por que receitas são saldos credores e C.M.V por exemplo é devedor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Edna!
      As receitas são credoras devido ao fato de ser uma entrada de recursos, já as despesa e consequentemente o CMV são contas devedoras devido ao fato de representarem saída de recursos da empresa...

      Excluir
  4. Tem como me mostrar mais um exemplo de constas de natureza credora e devedora ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luane!
      Todas as contas do ATIVO são de natureza DEVEDORA: caixa, bancos, clientes, máquinas, equipamentos...
      Todas as contas do PASSIVO são de natureza CREDORA: fornecedores, impostos a recolher, empréstimos a pagar...
      Todas as despesas são de natureza DEVEDORA: alimentação, vestuário, energia elétrica, água, manutenção...
      Todas as receitas são de natureza CREDORA: venda de mercadorias, prestação de serviços...

      Excluir
    2. Oi Luane!
      Todas as contas do ATIVO são de natureza DEVEDORA: caixa, bancos, clientes, máquinas, equipamentos...
      Todas as contas do PASSIVO são de natureza CREDORA: fornecedores, impostos a recolher, empréstimos a pagar...
      Todas as despesas são de natureza DEVEDORA: alimentação, vestuário, energia elétrica, água, manutenção...
      Todas as receitas são de natureza CREDORA: venda de mercadorias, prestação de serviços...

      Excluir
  5. Amigos contadores ou futuros contadores,sugiro o livro de contabilidade básica do Osni Moura Ribeiro!! Super didático e de fácil entendimento :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Ou então o livro CONTABILIDADE INTRODUTÓRIA da Equipe de Professores da FEA/USP...

      Excluir
  6. olá Mestre Rafael gostei muito de suas explicações, pois nunca ficou tão clara as definições e exemplos de crédito e débito.
    Porém, gostaria de saber se pode passar um email, facebook ou whatsApp para que eu e minhas amigas possamos tirar duvidas de diferentes assuntos referente a contabilidade, pois estamos cursando o 6º período de Ciências Contábeis, UNIP/EAD.

    Agradecemos desde já sua compreensão.
    whatsApp: 09798103-7743

    ResponderExcluir
  7. Professor, obrigado pelos esclarecimentos !
    Tenho uma dúvida - como interpretar débitos na conta de receita? O que pode gerar uma movimentação deste tipo?

    ResponderExcluir
  8. Um débito em uma conta de receita pode ocorrer no momento do ARE onde há o zeramento desta conta que é credora com um DÉBITO e a contrapartida na conta ARE.
    Na minha apostila tem bem detalhado isto...

    Abraço

    João Rafael

    ResponderExcluir
  9. Um débito em uma conta de receita pode ocorrer no momento do ARE onde há o zeramento desta conta que é credora com um DÉBITO e a contrapartida na conta ARE.
    Na minha apostila tem bem detalhado isto...

    Abraço

    João Rafael

    ResponderExcluir
  10. professor,parabéns sua explicação foi excelente e de maneira simples,Muito Obrigado!

    ResponderExcluir
  11. Professor, muito obrigada pela explicacão. Assim ficou fácil entender! Faco Ciências contábeis EAD e estou no 2 semestre. Como posso ter acesso ao livro que o senhor mencionou? obrigada, Diana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diana!
      Envia um e-mail para rafael@egmconsultoriacontabil.com.br que te passo as informações.
      Como o material é em PDF você receberá o material no mesmo dia. Tenho certeza que você irá gostar muito e irá divulgar para os seus colegas.

      Abraço

      João Rafael

      Excluir
  12. Olá professor adorei a explicação, mas gostaria que me explicasse melhor recita

    ResponderExcluir
  13. Msc!! Se, em uma conta Fornecedores, O lançamento a crédito é de 300, e o lançamento a débito, na mesma conta é de 60. Qual o resultado deste saldo CREDOR? È de 240, ou 360???
    Como eu faço para identificar o saldo credor e o saldo devedor? E o que é natureza devedora e natureza credora? Tá confuso.
    Faço 2o. semestre/2016. Me ajude.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos!
      Veja que tens um crédito de 300 e um débito de 60, então terás um saldo CREDOR de 240.
      Significa que a empresa ainda terá que pagar 240 para o fornecedor.

      Excluir
  14. Melhor explicação que encontrei sobre o tema. Simples e objetivo!

    ResponderExcluir
  15. Melhor explicação que encontrei sobre o tema. Simples e objetivo!

    ResponderExcluir
  16. muito bom, principalmente por causa dos exemplos, fáceis de entender.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Olá Professor, se as contas Receitas e Despesas fossem classificadas no Balanço Patrimonial, qual grupo elas seriam classificadas: "Ativo", "Passivo" ou "Patrimônio Liquido". Por quê?

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. muito bom suas explicações, foram de grande importância para meu intendimento, sucesso professor.

    ResponderExcluir
  21. uma empresa empresta 30.000,00 ao sócio, como fazer o debito?e no balanco patrimonial?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renagila!
      D: EMPRÉSTIMOS A RECEBER (ARLP)
      C: BCO

      Quando emprestamos para um sócio, devemos alocar no ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO no BALANÇO PATRIMONIAL.

      Abraço

      Excluir
  22. E o patrimônio líquido entra na conta credora ou devedora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      No PATRIMÔNIO LÍQUIDO encontramos contas com natureza CREDORAS, pois pertence ao PASSIVO. Dentro do PL algumas contas podem estar com saldo DEVEDOR como é o caso de Ações em Tesouraria, como esta conta tem saldo (devedor) diferente da natureza onde está inserida (credora), dizemos que é uma conta redutora, sua função é reduzir o saldo do PL

      Espero ter ajudado.


      Abraço


      João Rafael

      Excluir